Retrospectiva 2021

A minha história aqui na wBrain começou em Março efetivamente, mas considero de forma informal que foi em Fevereiro, quando recebi a primeira abordagem do recrutamento.

Desde esse primeiro momento, vi que tinha algo em especial na empresa, que existia um carinho, uma empatia, e a transparência como pilar, e isso me fez seguir em frente.

Nesses 09 meses de empresa, resolvi fazer uma grande retrospectiva dos momentos que vivi até o momento em que escrevo essa postagem.

Como disse, cheguei aqui na wBrain em março de 2020, e fui alocado imediatamente em um cliente, mas antes da alocação, fui apresentado através de um Onboarding mega acolhedor, onde pude ver que as coisas realmente eram diferentes, onde naquele momento, eu vi o significado da palavra Acolhimento e Bem vindo.

Tudo muito especial, tudo com muito carinho, a vontade das pessoas em te deixar bem, é fantástica, uma energia, sorriso no olhar de todos… Fantástico…

Fui para o cliente, com o astral lá em cima, lá no alto.

Iniciei no cliente, e as coisas não funcionaram tão bem, as coisas não saíram como o esperado, e começou um processo muito forte na minha mente, do tipo e agora? O que eu faço? Para onde ir? O que será de mim?

Eis que o meu momento ruim aparece, momento de tristeza, momento de “derrota” e eu tentando entender os motivos daquilo tudo. A ansiedade aumentando e todo aquele processo de flagelação. E onde fui acolhido de forma sincera, onde meus choros, angústias, foram tratadas com muita empatia e transparência, onde em poucas vezes na vida, fui tão preservado de forma profissional.

E com todo esse carinho e respeito fui rapidamente alocado em um novo cliente, e estou aqui.

Mas dentro desse processo, nessa retrospectiva, me sinto confortável assumindo papéis dentro da empresa, como Bloqueirinha, como Mentor (acreditem olha que passo incrível) e saí do papel de Cerimonialista (mas estou sempre nos onboardings recebendo o pessoal).

Desde a minha chegada, eu olho para trás, vejo o quanto eu produzi como profissional, quanta ajuda eu tive, quantas pessoas eu ajudei. Trabalho com pessoas fantásticas, com mentores maravilhosos (uma das melhores coisas que tive).

E agora chegando ao final desse ano, escrevendo essa retrospectiva, eu vejo que a minha Sprint de 2021, vi que meu board de coisas positivas foram enormes, que as coisas que não foram tão boas, me deram vazão e coragem para um crescimento absurdo.

E quais são os meus planos de ação para a próxima sprint (2022), ser provocado pela mentoria individual a ser melhor que eu fui na Sprint Passada.

Hoje a gratidão é meu nome e sobrenome.

Obrigado wBrain por me tornar uma pessoa melhor em todos os sentidos e espero ter contribuído para melhorar cada vez mais.

--

--

--

Impulsionando trabalhadores do conhecimento.

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
wThinkers | by wBrain

wThinkers | by wBrain

Impulsionando trabalhadores do conhecimento.

More from Medium

Improve Your Agents’ Information Literacy with Intelligent Term Detection

Holiday Party Ideas for Hybrid Teams

Corporate audit challenges for hardcoded secrets or passwords in source code

2022 SecDevOps: We want to transform SDLC to SSDLC